Métricas essenciais para aprimorar o engajamento e satisfação dos funcionários: eNPS, ESAT e EES

Metricas essenciais

Desvendar o segredo para o sucesso empresarial está em priorizar o engajamento e a satisfação dos funcionários. As grandes marcas já sabem disso e utilizam métricas como eNPS, ESAT e EES para se destacar no mercado competitivo. 

Essas métricas fornecem insights valiosos, permitindo que as empresas otimizem o ambiente de trabalho, aumentem a produtividade e mantenham uma equipe comprometida. Colaboradores satisfeitos e engajados são mais produtivos, leais e fundamentais para construir uma cultura corporativa positiva. 

eNPS (Employee Net Promoter Score): o que é e como é calculado?

Inspirado no conhecido NPS (Net Promoter Score), o eNPS é uma métrica utilizada para medir o nível de satisfação, lealdade e engajamento dos funcionários de uma empresa. Ao analisar a experiência dos colaboradores, o eNPS fornece insights valiosos para aprimorar a cultura e o ambiente de trabalho, além de contribuir para a retenção de talentos e o sucesso geral da empresa.

Para calcular o e-NPS, é feita a seguinte pergunta ao colaborador:

“Em uma escala de 0 a 10, o quanto você recomendaria a nossa empresa como um ótimo lugar para se trabalhar?”

A partir das respostas à pergunta do eNPS, os funcionários são classificados em três grupos: promotores (notas 9 e 10), que são cliente altamente satisfeitos; neutros (notas 7 e 8), que estão mais ou menos satisfeitos; e detratores (notas de 0 a 6), que expressam insatisfação. O cálculo é realizado subtraindo a porcentagem de detratores da porcentagem de promotores, resultando em um valor de eNPS que pode variar de -100 a +100.

O eNPS é uma métrica poderosa e amplamente reconhecida como a mais utilizada em Employee Experience (EX). Sua simplicidade e eficácia em avaliar o nível de lealdade e satisfação dos colaboradores permitem que as organizações coletem feedback significativo de seus funcionários de forma rápida e fácil.

ESAT (Employee Satisfaction): o que é e como é calculado?

O ESAT, ou Índice de Satisfação do Funcionário, é uma métrica que avalia o nível geral de satisfação dos funcionários em relação à empresa em que trabalham, bem como atividades específicas, como eventos e workshops. Essa métrica é uma adaptação do CSAT (Customer Satisfaction), uma medida comumente utilizada para medir a satisfação dos clientes.

Assim como no CSAT, o cálculo do ESAT é baseado em pesquisas de satisfação, onde os funcionários respondem a questionários específicos sobre sua experiência na organização, usualmente utilizado para mapear questões pontuais. As respostas são geralmente avaliadas em uma escala de pontuação, como de 1 a 5 ou de 1 a 10.

O cálculo do ESAT segue uma fórmula semelhante ao CSAT:

ESAT = (número de respostas positivas / número total de respostas) * 100

As “respostas positivas” são aquelas que indicam alto nível de satisfação dos funcionários, enquanto as “respostas negativas” representam os funcionários insatisfeitos ou com baixo grau de satisfação. O resultado do cálculo é expresso como uma porcentagem, refletindo o nível geral de satisfação da equipe em relação à empresa.

O ESAT é uma ferramenta valiosa para impulsionar a cultura organizacional e criar um ambiente de trabalho mais positivo e produtivo. Ao implementar ações concretas com base no feedback dos funcionários, as empresas fortalecem o relacionamento com a equipe e alcançam resultados mais satisfatórios em seus objetivos organizacionais.

EES (Employee Effort Score): o que é e como é calculado?

O EES, ou Índice de Esforço do Funcionário, é uma métrica que visa medir o nível de esforço percebido pelos funcionários para realizarem suas tarefas e atingirem seus objetivos dentro da empresa. Essa métrica é uma adaptação do CES (Customer Effort Score), uma medida comumente utilizada para avaliar a facilidade de interação do cliente com uma empresa.

Similar ao CES, o EES tem como objetivo identificar as possíveis dificuldades e obstáculos enfrentados pelos colaboradores em sua rotina de trabalho, com o intuito de proporcionar um ambiente mais favorável ao seu desempenho e bem-estar.

O cálculo do EES segue uma abordagem semelhante ao CES:

EES = (Número de Respostas Positivas / Número Total de Respostas) * 100

As “respostas positivas” são aquelas que indicam um baixo esforço percebido pelos funcionários para executar suas tarefas, enquanto as “respostas negativas” refletem um alto nível de esforço exigido em suas atividades diárias.

Ao mensurar o EES, as empresas podem entender melhor como os processos internos afetam a experiência dos colaboradores, permitindo que identifiquem gargalos e possíveis melhorias para simplificar suas tarefas e aumentar sua produtividade.

Conclusão

Medir o ESAT, o EES e o eNPS são práticas essenciais para entender o nível de satisfação, engajamento e lealdade dos funcionários. Essas métricas são a base de qualquer pesquisa de Employee Experience (EX) e fornecem informações valiosas para a gestão identificar áreas que precisam ser melhoradas, promovendo um ambiente de trabalho mais saudável, produtivo e gratificante. Ao tomar medidas concretas para aprimorar a experiência dos colaboradores, as empresas aumentam a probabilidade de alcançar o sucesso e reter talentos essenciais para seu crescimento contínuo.

Melhore a experiência e potencialize seus resultados

Entre para nossa lista e receba conteúdos exclusivos

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *